terça-feira, 8 de março de 2011

Marchinha

Elas são fáceis de cantar, falam de mulheres, fantasias, bebedeiras e encantam gerações. Carnaval sem marchinha é como baile sem confete e beijo na boca.  A tradição é tão enraizada quanto a ressaca na quarta-feira de cinzas. Este Arquivo N lembra a origem das marchinhas com depoimentos de mestres em folia.

2 comentários:

  1. Curti! Pena q não tem a versão original de Cantoras do Radio com Carmem e Aurora!

    ResponderExcluir